Make your own free website on Tripod.com

Bem vindo ao coleiros e canários da terra Home Page
Alimentação do coleirinha

Home

Mestre Ivan Neto( artigos)
Noções Básicas na criação de CT
Mestre Luiz Antonio Taddei- Criador de canários da terra
Mestre Luiz A.Taddei: :Artigo 2
Mestre Luiz A.Taddei:artigo 3
Mestre Taddei ( artigo 4)
Farinhadas para cada espécie de pássaro
Criadores de Trinca -Ferro
Criadores de Curió
Entrevistas com criadores
criadores de canários
cantos de coleiros e canários
Alimentação do canário da terra
Fotos de canarios da terra
Alimentação do coleirinha
criadores de coleiros
Os melhores sites sobre pássaros da Net
E-mail para contato

Esta dica de alimentação para coleiros é do nosso amigo Gustavo Pinori , experiente coleirista e criador de canários da terra, participante de vários torneios de fibra de coleiro e canários da terra.

Alimentação básica para coleiros :

Mistura de sementes : 50% de alpiste, 10 % de painço comum, 10% de painço verde, 10%de painço vermelho, 10% de painço português, 10% de senha. Na muda colocar um pote a
parte com senha e painço português, uma vez que na muda de bico os mesmos têm dificuladade para quebrar sementes;

Frutas e legumes (maçã, banana, laranja, melão de jardim, pimenta, jiló, berinjela, pepino, abobrinha, pimentão, etc); diariamente. Vale lembrar que não devemos deixar os vegetais por muito tempo nas gaiolas. Deixar de um dia para o outro nem pensar pois azedam e criam fungos nocivos às aves.

Farinhada Alcon Super Top Life à disposição da ave em um pote separado.

Areia muito bem lavada em água corrente ,adicionada de farinha de ostra (50 / 50) e torrada em forno comum ou até mesmo microondas.Se tiver disponibilidade pode-se também
adicionar casca de ovo torrada moída. Osso de siba deve também ser deixado à disposição da ave durante todo o ano.

Duas a três larvas, diariamente, de Tenébrio e/ou Palembus;

Água filtrada trocada diariamente e bebedouro esterelizado com água cândida diluída em água (1 vez por semana no mínimo);

Adicionar o Aminosol e o Orosol apenas na muda de penas da seguinte maneira :
Aminosol por 2 semanas com duas gotas para 50 ml, descanso uma semana e entro com o Orosol durante uma semana ou duas semanas com duas gotas para 50 ml.

Não deixar o pássaro em correntes de vento ou lugares pouco arejados. Na época da muda deixá-los em gaiolões de mais ou menos um metro para que façam uma boa muda e se exercitem
melhor. Nessa época não se deve deixá-los vendo fêmeas ou até mesmo ficar forçando-os, pois pode resultar no encruamento da muda ou até mesmo seu interrompimento.

Agradeço ao amigo Gustavo, por nos ter enviado esta receita de alimentação para nossos coleiros.